Inovação: Regional da Transamazônica passa a disponibilizar resultados de exames laboratoriais pela internet

Serviço pioneiro traz mais comodidade aos pacientes dos nove municípios da região do Xingu

Os pacientes que forem atendidos no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, e realizarem exames laboratoriais de rotina terão ainda mais comodidade e praticidade para receberem os resultados.

Desde o dia 8 de setembro, a unidade hospitalar, que pertence ao Governo do Pará, gerenciada pela entidade filantrópica Pró-Saúde, passou a disponibilizar os resultados das análises laboratoriais, de forma gratuita, pela internet, o que garante mais celeridade e comodidade nos diagnósticos.

A oferta desse serviço era uma das entregas mais aguardadas pela gestão da unidade. Com isso, o Regional da Transamazônica se torna o único hospital público a disponibilizar a tecnologia na região do Xingu.

O projeto, que é resultado de uma parceria dos setores de Tecnologia da Informação (TI) e do Laboratório da unidade, já está disponível para todos os pacientes que realizam exames no hospital.

Implantação

Para que o serviço fosse ofertado, o setor de Tecnologia da Informação trabalhou nas etapas de configuração do servidor interno do hospital, pois assim o acesso externo dos pacientes ao site do hospital seria permitido.

“Atuamos sempre pensando nos nossos pacientes, nas dificuldades de locomoção entre os municípios da região. Então, poder disponibilizar esse acesso a eles nos faz ter a sensação de missão cumprida”, afirma Igor Santos, coordenador do setor Tecnologia da Informação.

De janeiro a agosto deste ano, mais de 55 mil exames foram realizados no laboratório do hospital e o resultado deles era disponibilizado exclusivamente em modelo impresso, com a retirada obrigatória nas dependências da unidade.

De acordo com Fabrício Ramos, coordenador Laboratorial, a implantação deste sistema vem para beneficiar e atender as demandas da região.

“Com este projeto, os pacientes não precisarão mais vir de cidades tão distantes para receberem o resultado. E, por outro lado, não podemos esquecer que ainda estamos em uma pandemia, e com menos fluxo de pessoas no hospital, conseguimos aumentar a prevenção para a Covid-19”, explica.

**Como acessar o resultado?**

Antes de realizar o exame no hospital, o paciente já recebe impresso o protocolo com login e senha de acesso às análises de forma on-line. Na plataforma, localizada no site do HRPT (https://hrpt.org.br/), os documentos ficam disponíveis para visualização e download. A partir daí, o paciente também poderá imprimir cópias do resultado.

A tecnologia permite que os pacientes visualizem os resultados dos exames pelo computador e também pelo aparelho celular, basta ser um equipamento com acesso à internet.

Com a inovação, os exames de rotina e especializados que estão disponíveis de forma on-line são: hemograma, colesterol, ureia, creatinina, glicose, dosagem de hormônios, sorologias para determinação de anticorpos, entre outros.

A agricultora Lucineide Melo, de 49 anos, veio até o HRPT para realizar exames laboratoriais de rotina. Moradora da zona rural de Altamira, ela recebeu com alegria a informação de que poderia acessar o resultado pela internet.

“Para a gente que mora longe é uma ótima notícia. Minhas filhas sempre vinham buscar os resultados, mas agora ficou bem mais fácil, vou acessar pelo meu celular”, afirma a agricultora.

Mesmo com a disponibilidade do serviço on-line, o Regional da Transamazônica continuará disponibilizando os resultados de exames aos pacientes que não possuem acesso a aparelhos com internet.

Sustentabilidade

Ganhador do prêmio “Amigo do Meio Ambiente” por dois anos, em 2015 e 2017, o Regional da Transamazônica possui ações contínuas de sustentabilidade com foco na redução do consumo de papel.

Por ano, o laboratório do HRPT utilizava 168 resmas de papel para impressão dos resultados de exames. Agora, com a disponibilização pela internet, além de reduzir o consumo de papel, o hospital também terá uma economia de cerca R$ 2,5 mil reais

“Nós trabalhamos muito a cultura da sustentabilidade na nossa instituição, porque faz parte do nosso papel enquanto hospital, levando em consideração a localidade onde estamos inseridos. Então, com a implantação deste serviço, todos nós ganhamos”, afirma Geiza Raposo, supervisora de Sustentabilidade.

O Regional da Transamazônica é reconhecido nacionalmente entre os melhores hospitais públicos do Brasil. A unidade possui a certificação ONA 3 – Acreditado com Excelência, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). O reconhecimento atesta a qualidade dos serviços prestados à população no interior do Pará.