Ações incentivam o uso consciente da água no Hospital Regional de Altamira

O aprendiz administrativo Tanaí Silva, 18 anos, ganhou um brinde nesta quinta-feira, 22/3, por algo que já faz todo dia em casa: economizar água. Ele e outros colaboradores do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira (PA), participaram de uma ação promovida pelo setor de sustentabilidade da unidade sobre o consumo consciente de água.

Aproveitando o Dia Mundial da Água, comemorado neste dia 22, os colaboradores foram desafiados a responderem questões sobre o consumo consciente do líquido precioso. Quem respondesse de forma correta o que foi perguntado, ganhou uma caneca plástica como prêmio. Tanaí foi questionado sobre suas ações para economizar água e aprovou a iniciativa.

“É importante uma ação como essa porque muita gente não tem noção de quanto de água se gasta no dia a dia. Lá em casa, a gente reutiliza a água da chuva para lavar o chão e os carros. Também reutiliza a água com sabão que usamos para lavar a louça e as roupas na limpeza da casa em geral, dos banheiros e diminuímos o tempo no banho”,  explicou o colaborador, que trabalha no setor de Serviço de Apoio ao Diagnóstico Terapêutico (SADT) do hospital.

Além das perguntas, os organizadores do evento apresentaram alguns produtos aos participantes como botas de couro, maçãs e chocolate. A ideia foi mostrar o quanto de água é gasto na confecção ou produção desses alimentos e materiais. Tudo com o objetivo de conscientizar os colaboradores.

“A ação é para despertar os colaboradores para o uso consciente da água. Os produtos apresentados são utilizados no dia a dia, a própria bota é usada na instituição. É para dar uma ideia a eles da importância da água e de quanto a gente gasta para produzir essas coisas, que às vezes a gente não tem ideia do que está por trás”, destacou a supervisora de sustentabilidade do HRPT, Geiza de Almeida.

A ação foi realizada próximo à entrada do refeitório do hospital, pela manhã e tarde, nos horários do lanche dos colaboradores. Dentro do refeitório, foram veiculados vídeos sobre a importância do uso consciente da água, por meio de um projetor.

Treinamento na cozinha

Mas as atividades em comemoração ao Dia Mundial da Água começaram na quarta-feira, 21/3, com um treinamento na cozinha do hospital para os copeiros e os cozinheiros do Serviço de Nutrição e Dietética (SND) da unidade.

A líder do Serviço de Higiene e Limpeza (SHL), Rosa de Paula, apresentou uma técnica para a limpeza diária do fogão no setor, após a produção dos alimentos, que evita o desperdício de água no neste processo. “Passamos para eles que para uma limpeza ser bem feita, não necessariamente precisa usar muita água. Então, utilizando o detergente em uma fibra verde e pouca água eles podem passar em todo o fogão. Depois, eles ainda passam uma compressa úmida”, explicou.

Esta técnica de limpeza serve para auxiliar o processo, mas de 15 em 15 dias toda a cozinha passa por uma lavagem completa. E nos dias em que há uma produção de alimentos maior que o normal, a utilização de mais água é autorizada. Ainda de acordo com a líder do SHL, essa utilização diária de uma quantidade menor de água ainda diminui os riscos de queda e de lesão dos colaboradores que trabalham no local.

Um desses colaboradores é a cozinheira, Ana Lúcia Gomes Barros, que participou do treinamento. Ela aprovou a iniciativa e diz que toda a equipe do SND já começou a utilizar a nova técnica, além de ter posto em prática outras atitudes para economizar água.

“Antigamente usávamos mais água para limpar o produto, agora passamos o pano úmido para tirar o detergente e o restante secamos com papel. É muito bom porque economiza água e o fogão fica limpinho do mesmo jeito, é algo a mais que aprendemos para poder ajudar. E quando estamos lavando as panelas, as tampas ou qualquer outra coisa, desligamos a torneira e só abrimos na hora de enxaguar, tudo para evitar o desperdício”, contou.

Hospital Amigo do Meio Ambiente

Gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar desde sua inauguração, em 2006, por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Hospital Regional Público da Transamazônica realiza uma série de ações contra o desperdício e a favor da sustentabilidade, um dos alicerces da entidade.

No ano passado, a unidade ganhou o seu segundo prêmio “Hospital Amigo do Meio Ambiente”, da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, por meio do projeto “Gerenciamento de resíduos do HRPT e seu impacto ao meio ambiente”, que se baseia em um conjunto de ações realizadas para evitar o desperdício e promover o reaproveitamento.

As ações vão desde a construção da unidade, que utilizou colunas pré-moldadas para reduzir a utilização de tijolos e a emissão de gases no meio ambiente; a substituição de equipamentos à base de mercúrio; aproveitamento total dos alimentos, utilizando produtos locais e erradicando o óleo de cozinha; reutilização de materiais como lençóis; troca das lâmpadas por led; reutilização das mantas de SMS; incentivo ao uso consciente do papel, reaproveitando os dois lados da folha em impressões e anotações; reutilização das bombonas da hemodiálise como caixas para material do almoxarifado; substituição de tubos de vidros para tubos descartáveis; entre outras.