HRPT promove dois treinamentos no Hospital São Rafael

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT) tem como missão prestar assistência hospitalar humanizada com qualidade, em média e alta complexidades ao usuário referenciado pelo Sistema Único de Saúde. Por seu perfil de atendimento a pacientes regulados, é primordial que a rede de saúde atue de forma integrada. Para isso, o HRPT tem contribuído com a capacitação dos profissionais que atuam na rede de saúde da região de Altamira, beneficiando a sociedade. Constantemente, profissionais do Hospital Regional são enviados a outras instituições para ministrar treinamentos e palestras. Na semana passada, por exemplo, uma equipe do HRPT esteve nas dependências do Hospital Geral de Altamira São Rafael para ministrar dois treinamentos sobre ‘Higiene Hospitalar’ e ‘Parada Cardiorrespiratória’.

A melhoria da rede de saúde pública é um dos compromissos da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, gestora do Hospital Regional sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Para isso, a entidade mantem nos hospitais que gerencia o Núcleo de Educação Permanente (NEP), que é responsável pelo programa de educação contínua nas unidades.

A capacitação sobre ‘Parada Cardiorrespiratória’ foi realizada durante os períodos de manhã e tarde, com 80 profissionais do Hospital Geral sendo divididos em quatro turmas. Participaram deste treinamento membros da equipe assistencial do São Rafael, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas.

Durante o curso, foram abordados temas relacionados aos atendimentos neonatais, a lactentes, a crianças, adolescentes e adultos. A enfermeira Bruna Jacomel, que palestrou sobre a ‘Parada Cardiorrespiratória’, destaca que levar os colaboradores do HRPT para outras unidades faz parte do objetivo do Hospital Regional, de fortalecer os laços pela saúde local. “Estamos contribuindo com a melhoria dos serviços de saúde que prestam assistência de baixa complexidade no município de Altamira. Temos a perspectiva de fortalecer o relacionamento do HRPT com a sociedade e os outros serviços de saúde. Eles foram muito receptivos, participativos. Os profissionais demonstraram muito interesse no treinamento”.

Higiene Hospitalar

Já o treinamento sobre ‘Higiene Hospitalar’ contou com a participação de 40 pessoas que trabalham no serviço de higiene e limpeza do Hospital São Rafael. Os profissionais foram divididos em duas turmas, uma no período da manhã e outra à tarde.

“O nosso objetivo foi aprimorar o conhecimento deles e ressaltar a importância da limpeza no ambiente hospitalar. Abordamos os conceitos teóricos e fizemos uma prática rápida, relacionada à técnica de desinfecção. Levamos um material para verificar a qualidade da limpeza, se foi eficaz ou não. A pessoa faz a desinfecção e posteriormente a gente passa a luz negra para verificar se está realmente limpo”, explica a enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH),  Esther Hoch, uma das palestrantes do treinamento.

Além dela, estiveram à frente da capacitação a coordenadora do SCIH, Josiane Weimer, e a líder do Serviço de Higiene e Limpeza (SHL) do HRPT, Rosa de Paula.

De acordo com a coordenação do SCIH, o intuito foi o de colaborar para que os profissionais do Hospital São Rafael possam desenvolver cada vez mais o trabalho de higiene hospitalar, baseados na experiência repassada pela equipe do Hospital Regional. “São realidades totalmente diferentes. Eles têm dificuldades em relação a materiais e a técnicas básicas. Nosso objetivo é levar o nosso conhecimento para que eles possam melhorar o serviço deles, posteriormente”, conclui a enfermeira Ester Hoch.

A higiene hospitalar é fundamental para o bom funcionamento de uma unidade de saúde. A partir de um ambiente limpo é que os atendimentos podem ser realizados com eficácia e segurança para o paciente e para o colaborador. “É importante manter o ambiente limpo e agradável, e trabalhar com a prevenção, focando o bem-estar dos nossos pacientes, para que eles fiquem livres da infecção hospitalar. Este é o nosso grande objetivo”, ressalta Rosa de Paula, líder do SHL do Hospital Regional Público da Transamazônica.